JIPA PERDE, MAS MOSTROU DESEMPENHO SATISFATÓRIO

O SC Ulbra venceu o clássico por 2 a 0 em cima do Ji- Paraná, na última quinta-feira, e assumiu a vice-liderança do Campeonato Rondoniense. Apesar de confirmar o favoritismo, no reencontro dos rivais, a Coruja mostrou apatia, principalmente no início, e o Jipa teve bons momentos de superioridade. Mas nem o peso da torcida, nem as “forças do além” evocadas por Alexandre Da Costa, técnico do Jipa, dias antes da partida, ajudaram o time a conseguir a primeira vitória no Estadual. Os gols foram de César e Souza.
A Coruja foi a seis pontos ganhos em duas partidas, um ponto a menos que o líder Jaruense, que já fez três jogos. Hoje, as duas equipes travam uma disputa pela liderança da competição, no Biancão, às 20 horas. O Jipa, que sofreu sua segunda derrota consecutiva e chegou à lanterna, enfrenta o Cacoalense amanhã.

O Jogo
O time universitário sofreu muita pressão, principalmente, na primeira etapa, e chegou ao primeiro gol no sufoco. O alívio veio no finalzinho, aos 42, quando Leandro Xavier arrancou, e cruzou da linha de fundo para César que cabeceou, abrindo o placar. Enquanto o SC Ulbra tentou impor a melhor técnica de seus jogadores, o Jipa buscou na garra dos atletas a compensação.
No segundo tempo, a equipe do Jipa voltou ainda determinada, mas aos oito minutos Da Costa fez, de uma vez só, as três substituições permitidas, mudando a cara do time. Em seguida, o Jipa teve Robert expulso. Mesmo com um jogador a mais, a Coruja só chegou ao segundo gol aos 44. Saulo levantou na área e Leandro Rodrigues ajeitou para Souza acertar.
No sexto jogo da história de clássicos entre Jipa e Ulbra, a Coruja venceu o Galo da BR pela quinta vez. O último confronto foi em maio de 2006 e a Coruja venceu pelo placar de 4 a 2.
Ao contrário do que se esperava, a torcida não compareceu em peso. O público pagante foi de 647 torcedores. A renda do jogo somou R$ 5.915.

Fonte: Folha de Rondônia

Post: Bruno Porto