JI-PARANÁ LEVARÁ CASO À JUSTIÇA COMUM

O gerente de futebol do Ji-Paraná, Valdenir Pinheiro de Paula, afirmou que o clube recorrerá da decisão por considerar arbitrária e infeliz por parte do Departamento Técnico da FFER (Federação de Futebol do Estado de Rondônia).

Na última quarta-feira, a FFER, após aguardar o final dos prazos para recurso do Galo da BR, homologou a vaga à elite ao Cruzeiro, terceiro colocado na tabela.

Apesar do capítulo XII (Das Infrações e Penalidades), em seu Artigo 50, § 2°, do Regulamento Geral da FFER, afirmar que: “se um clube abandonar ou for desligado da competição disputada em diferentes fases depois de seu início, os resultados de suas partidas serão anulados, na fase em disputa, não prevalecendo para qualquer efeito, independentemente das sanções da Justiça Desportiva, e suas demais partidas constantes da tabela serão canceladas", o Ji-Paraná pode e deve recorrer do caso, pois a equipe abandonou a disputa na fase final, após ter obtido o acesso à primeira divisão do Rondoniense e consequentemente ter avançado à segunda fase.

Bruno Porto, com informações do Futebol do Norte




[ ver mensagens anteriores ]
Nos siga no Twitter Ji-Paraná FC Nossos Parceiros Futebol do Norte Vilhena E.C




Meu Perfil
BRASIL , Norte , JI-PARANA , Homem , de 15 a 19 anos , Portuguese , Spanish
ICQ - 344868319

 
 
Visitante número: